Hello, I’m a Mac

dock-20071213-190055

Já se foi mais de um ano desde que passei de vez para o lado da maçã. Ates disso, já usava iPod e programas da Apple, mas a transição do Windows para o Mac OS X quando ganhei um Mac Book foi o passo definitivo. E quando eu falo transição não quero dizer que brinco com o OS X e mantenho o Windows via Boot Camp, virtualização ou em outro computador. E só Mac mesmo! Ah, também não trabalho com design, edição de imagem ou vídeo. Utilizo esses recursos mais como hobbie. Sou um usuário (quase) normal de computador, mais pro lado dos geeks. Entro no orkut, mando email, escuto música, vejo vídeo, converso no Messenger, uso Skype, torrent, desnvolvo programas em java, ou seja, coisas básicas!

Mas o quero passar aqui, é como tem sido a vida ao lado do Mac. Sinceramente, parece que já faz bem mais tempo do que o real.

Nesse tempo, eu:

  • Nunca tive vírus, computador invadido, senha roubada ou outros problemas do tipo que costumar causar bastante dor de cabeça.
  • Tive dois kernel panics, o equivalente à tela azul da morte quando a única opção que resta é reiniciar o computador.
  • Nunca tive problema de hardware.
  • Vi o flash player fazer o Safari capotar diversas vezes! Engraçado que no relatório de erro já falava que a culpa provavelmente era dele.
  • Nunca precisei formatar o computador, mexer em bios (na verdade nem sei se isso existe no Mac), recompilar o kernel ou alguma outra nerdice desse tipo.
  • Uso o terminal (linha de comando) ocasionalmente, mas nunca para instalar um programa ou conectar à internet.
  • Nunca baixei um programa que não era compatível com a “minha distribuição”.
  • Nunca fui interrompido no meio de uma apresentação ou usando qualquer aplicativo em tela cheia por uma mensagem falando que meu computador pode estar em risco ou que o anti-virus atualizou. Aliás, não uso anti-vírus at all!
  • Já vi o redemoinho gay da morte girar por mais tempo do que gostaria.
  • Nunca passei raiva com o computador reiniciando sozinho após uma atualização importante. Ele me considera inteligente o suficiente para saber a hora de reiniciar e não ficar enchendo o saco o tempo todo.
  • Nunca esperei o computador voltar do repouso mais tempo do que levaria para ligar.
  • Nunca usei áudio e vídeo no Microsoft Messenger porque simplesmente não tem suporte com o áudio e vídeo do Windows Live Messenger.
  • Por outro lado, no Skype funciona muito bem. Uso com frequência!
  • Nunca instalei crapware pra conectar dispositivos, tipo programa de gerenciamento de celular ou câmera. O iSync e os outros programas do Mac se encarregam de toda a sincronização.
  • Essa lista poderia se prolongar ainda mais, mas não vem ao caso. O que descobri nesse tempo de uso do Mac OS X é que como qualquer outro software ele tem seus defeitos e qualidades, pessoas que amam e pessoas que odeiam mas dentre tudo que já usei como sistema operacional (e já usei bastante coisa) não tem nada melhor, nem parecido! Enfim, eu e meu computador nos damos muito bem, somos bem felizes juntos!

    Anúncios

    Saraiva lança serviço de aluguel e venda de filmes no Brasil

    Saraiva Digital

    Enquanto a Apple não lança direito a iTunes store no Brasil (o que temos hoje é apenas uma versão reduzida da App Store) a Saraiva, com a ajuda da Microsoft saiu na frente e disponibilizou a venda e aluguel de filmes online pelo site da livraria.

    Os filmes estão disponíveis em resolução de DVD e não existe conteúdo em HD como na loja da Apple. O preço do aluguel está interessante. Custa R$ 4,90, que é mais ou menos o que se paga em uma locadora convencional.

    Achei muito legal a iniciativa, principalmente porque quase todas as grandes empresas de tecnologia internacionais não trazem serviços bacanas para o Brasil por causa da pirataria e dos altíssimos impostos. Resta torcer para para que esses dois fatores não impeçam a loja de prosperar, pois caso isso aconteça, pode ser uma boa porta de entrada para as irmãs mais velhas que ainda torcem o nariz pra nós.

    Por enquanto o catálogo de filmes é bem limitado e não tem lançamentos, mas a Saraiva promete ampliar bastante o acervo até o final do ano disponibilizando inclusive seriados, programas de tv e musicais.

    Infelizmente não pude testar o serviço porque só está disponível para computadores com Windows (argh!). Assistir os filmes no iPod ou no iPhone também não dá. Uma pena, porque isso deixou de fora uma boa turma entusiasta em tecnologia que costuma investir bem mais em seus hobbies tecnológicos do que a galera do pc.