Opera Mini pode estar chegando ao iPhone

Hoje pela manhã a fabricante de navegadores Opera, anunciou em seu blog que pretende revelar uma versão de seu popular navegador para celulares, o Opera Mini, para o iPhone. Até aí nada de surpreendente na notícia, afinal nada mais natural do que a empresa que possui a liderança em navegadores para dispositivos móveis desejar tem uma versão para a plataforma móvel que é referência hoje em dia.

Acontece que não é a primeira vez que esse assunto vem à tona. Bem no início da abertura do iPhone ao desenvolvimento de aplicativos por terceiros o então CEO da companhia John von Tetzchner alegou que a Apple não havia liberado o Opera Mini para o iPhone. No entanto, naquela época o Mini nunca foi submetido à avaliação para disponibilização na App Store pois o que a Opera queria era migrar seu aplicativo desenvolvido na tecnologia Java para o iPhone o que não é permitido pela regras de desenvolvimento para a plataforma. Para o iPhone e iPod Touch só é permitido o desenvolvimento de aplicativos em tecnologia nativa (Objective C + o framework Cocoa Touch, para os mais geeks).

Dessa vez a história parece ser outra e ao que tudo indica a Opera desenvolveu uma versão nativa do Mini para o iPhone (caso contrário não existe nem possibilidade do aplicativo ser aprovado) mas outra restrição pode barrar a liberação do aplicativo. É que a Apple também proíbe que um aplicativo desenvolvido por terceiros reproduza uma funcionalidade nativa do iPhone e qualquer navegador que seja desenvolvido para o aparelho estará reproduzindo a funcionalidade do Safari. Lembram de quando a Apple rejeitou um aplicativo para download de podcasts alegando que reproduzia a funcionalidade do iTunes? Não é muito difícil que o Opera Mini tenha o mesmo destino.

Por outro lado, a Opera aposta na possibilidade da Apple aprovar o aplicativo para não desgastar sua imagem, pois o Mini é extremamente popular e possui uma legião de fãs. Reprovando-o ela estaria negando ao seus usuários a possibilidade de escolher o seu navegador preferido o que seria imediatamente associado à Microsoft e a ação antitruste sofrida no caso Windows + Internet Explorer. Recentemente, a Apple já teve sua imagem arranhada devido a confrontos com o Google e com a Adobe envolvendo justamente aprovação de aplicativos ou tecnologias em suas plataformas.

O evento em que a Opera promete apresentar mais detalhes do lançamento acontecerá em Barcelona nos dias 15 e 16 desse mês. Resta aguardar para saber que rumo essa história irá tomar e torcer pela aprovação do Mini, fato que seria extremamente positivo para os usuários do iPhone.

Para quem não conhece, o Opera Mini – disponível para a maioria dos modelos de celular – comprime as páginas da web antes de serem exibidas no aparelho fazendo a navegação ficar bem mais rápida e econômica o que justifica boa parte de sua popularidade.

Anúncios